Você é reativo ou proativo?

Nossos medos, nossas fugas!

Nascemos com duas forças antagônicas que atuam constantemente em nós. Recebemos essas forças, o medo e o amor, através de heranças psicogenéticas ou de propriedades anímicas, desde o ventre de nossa mãe. Sem elas a vida ficaria vazia e sem cor.

Medo: insegurança, timidez, ansiedade, pessimismo em relação aos desafios da vida.

Amor: afeto, solidariedade, fé, coragem e otimismo diante de nossas escolhas.

Quando julgamos necessário e possível, fugimos. Isso nos impedem de assumir plenamente as responsabilidades que a vida exige, são nossas fugas.

Muitas pessoas são vítimas da reatividade. As pessoas reativas são insatisfeitas, frustradas, impulsivas, temperamentais, guiadas pelas reações automáticas do seu inconsciente, sua mente condicionada.

– A pessoa reativa sempre busca culpados para seus fracassos, sejam financeiros, amorosos, profissionais, etc.

Saiba qual seu grau de reatividade

– O inconsciente mal programado direciona a pessoa a ter reações instintivas, temperamentais, abruptas e descontroladas.

– A pessoa reativa se afeta com qualquer circunstância contraditória, mau ou bom humor dos outros, clima, etc…

– As reações são conduzidas pelos sentimentos. As atitudes são inconscientes e contraditórias.

– A pessoa reativa tem um humor instável, pessimismo e lamentações. Nada a agrada.

Proatividade e sucesso

Com a tomada de atitudes positivas, conscientes e proativas, você diminui a má sorte e os fracassos.

A proatividade é a adoção de um novo paradigma, uma crença fortalecedora, uma nova atitude, um impulso dinâmico a favor da responsabilidade.

Traços de uma pessoa proativa

– consciente, vigia seus pensamentos, sentimentos e ações.

– Assume a responsabilidade por tudo o que faz ou deixa de fazer e escolhe suas próprias respostas.

– Suas decisões são guiadas por seus valores.

– Tem dinamismo e assume o controle de sua vida. Muda o que não está dando certo.

Pessoas proativas fazem acontecer. Assumem responsabilidade por suas ações, buscam alternativas e soluções.

São criadoras de sua própria história. São ousadas e otimistas. O entusiasmo faz parte de sua vida e são vencedoras.

A proatividade nos ajuda a aceitar o inevitável aprendendo com as lições.

Os reativos são conformistas, lamentam os fatos e a má sorte.

Os proativos aprendem, crescem, superam as dificuldades.

O ganho final para uma pessoa proativa é a saúde, prosperidade e bem-estar.

Anete L. Blefari
anete@sermelhorepleno.com.br
www.sermelhorepleno.com.br

Referência:

SCHMITT, Carlos Afonso – A coragem de ser responsável – E-book – Edições Paulinas



WhatsApp chat