O poder de gerar um novo estado de ser

Emoções negativas e estressantes são muito conhecidas e habituais para nós e se ligam a experiências do passado. Quando ficamos presos a emoções negativas e estressantes, estas mantêm o corpo ligado às mesmas situações do passado. Com isso, nenhuma nova informação consegue programar seus genes de uma forma diferente. O passado vai reforçando o futuro. Portanto, precisamos primeiro dar espaço ao novo, ou seja, entrar em um novo estado de ser.

Quando conhecemos e aceitamos novas possibilidades para sair de limitações, o poder de nossa mente influencia o corpo para a mudança que queremos alcançar.

Para programar e manter um novo estado de ser, precisamos condicionar o corpo a uma nova mente. Dessa forma, conseguimos ativar novos genes para expressarem novas proteínas para melhorar a saúde. A transformação real ocorre independente da mente consciente. A mente consciente pode iniciar o processo de transformação, mas o verdadeiro trabalho acontece na mente inconsciente.

A partir do momento em que a pessoa, tratada com um placebo ou sugestão hipnótica, aceita um pensamento como verdadeiro, acredita e confia emocionalmente no resultado final desejado, um novo estado de ser manifesta a cura. Uma sequência de eventos fisiológicos acontece, de forma automática, alterando a biologia, sem o envolvimento da mente consciente.  Para ter sucesso, é necessário ativar a mente inconsciente para que ela assuma o controle e realize todo o processo automaticamente.

Como ativar a mente inconsciente?

Não é tão fácil assim aceitar um comando e responder, de forma voluntária, a determinadas sugestões. Há pessoas mais sugestionáveis que outras. As pessoas mais sugestionáveis obtêm uma resposta melhor a certas sugestões. Na verdade, o inconsciente da pessoa tem de aceitar a sugestão hipnótica.

Como exemplo, podemos mencionar pessoas doentes que não conseguem nem aceitar a ideia de que um procedimento, um medicamento ou tratamento possa ajudá-las.

Por que isso ocorre?

Porque elas precisam sair da limitação de seus pensamentos habituais, para conseguir gerar novos sentimentos que reforçarão novos pensamentos até se tornarem um novo estado de ser. Contudo, se a pessoa não consegue sair de seus pensamentos habituais, ela reforçará sempre o mesmo estado passado de mente e corpo, e nada mudará.

Entretanto, se as pessoas que não conseguem aceitar que um procedimento ou medicamento possa deixá-las bem, pudessem alcançar um novo nível de aceitação e crença e se rendessem sem análise, sem ansiedade, sem se perturbarem, de fato, alcançariam melhores resultados no processo.

“Sugestão é isso: transformar um pensamento em uma experiência virtual e fazer com que o corpo por consequência responda de uma nova maneira.”   Dr Joe Dispenza

Aceitação, crença e rendição são os três elementos que compõem a sugestão.

Conseguimos criar melhores resultados quando aceitamos, acreditamos e nos rendemos ao que estamos fazendo para alterar nosso estado interno.

Quando associamos esperança, ao que nos é apresentado para melhorar a saúde, e acreditamos que algo externo vai mudar algo interno, antecipamos emocionalmente a experiência e nos tornamos sugestionáveis ao resultado. O emocional é imprescindível nessa experiência porque a sugestão não é apenas um processo intelectual.

A base da programação inconsciente é acolher emocionalmente o resultado, para poder acessar o sistema nervoso autônomo. Dr. Dispenza explica que o sistema nervoso autônomo está sob o controle do cérebro límbico, designado por “cérebro emocional”.

“Como esse cérebro emocional existe abaixo do controle da mente consciente, no momento em que sente uma emoção, você ativa o sistema nervoso autônomo.”  Dr. Joe Dispenza

Ao sentir emoções você entra no sistema operacional e programa uma mudança, porque, nesse momento, o sistema nervoso autônomo é ativado e cria a química necessária para a melhora. O resultado é que o corpo se torna emocionalmente a mente.

Não pode ser emoções negativas de medo, futilidade, raiva, hostilidade, impaciência, pessimismo, competitividade e preocupação, pois estas desequilibram o cérebro e o corpo.

Quanto mais frustrado e impaciente você fica, mais desiquilibrado.” Dr. Joe Dispenza

Emoções poderosas para gerar saúde

A gratidão e apreciação são chaves para abrir o coração e elevar a energia do corpo. Gratidão é a energia mais poderosa para elevar o nível de sugestionabilidade. Ela instrui emocionalmente o corpo ao indicar que a experiência, pela qual você é grato, já ocorreu. Geralmente, costumamos ser gratos após alcançar um resultado desejado.

Ao despertar a emoção da gratidão antes do resultado desejado, seu corpo (como a mente inconsciente) vai acreditando que o evento futuro já ocorreu de fato ou está ocorrendo no momento presente. Portanto, gratidão é o estado final de recebimento.

 

Anete L. Blefari
anete@sermelhorepleno.com.br
www.sermelhorepleno.com.br

 

Referência:

DISPENZA, Joe – Você é o placebo: o poder de curar a si mesmo – Porto Alegre: CDG, 2019



WhatsApp chat