Eleve seu nível de autoestima

A baixa autoestima pode limitar seu potencial para ter sucesso na vida e para ser feliz. O nível de autoestima pode influenciar muito, poderosamente, e prejudicar relacionamentos e a saúde mental.

Sintomas de baixa autoestima 

Críticas constantes a si mesmo e aos outros; medo do abandono; carência afetiva; tendência a manter relacionamentos destrutivos; ânsia insaciável de amor, afeto e atenção.

Perfeccionismo: sentimentos de inadequação; insatisfação pessoal; vazio interior; críticas constantes ao parceiro; busca incessante em alcançar realizações.

Distorção da percepção da realidadetendência a não enfrentar as experiências; comportamentos de autoproteção.

Utilização de mecanismos de defesa: negação, repressão, projeção, elaboração da reação.

Vícios: comer em excesso, comer muito pouco, fumar, ingerir álcool ou outras drogas, trabalhar demais, limpeza compulsiva, jogos, sexo, intelectualizar sentimentos, culpar os outros, cuidar e ajudar os outros, rituais religiosos.

Sentimentos de inferioridade: insegurança; sentimentos de fracasso. Necessidade de estar no controle; compulsão pelo poder; inflexibilidade para efetuar mudanças. Evita correr riscos; indecisão.

Dificuldades na comunicação: ansiedade, negativismo, inibição, aflição, evita iniciar conversas.

Permita-se elevar o seu nível de autoestima

Aprenda a se autoaceitar; se autovalorizar. Enfrente seus medos. Adquira autoconhecimento para sair de padrões de negatividade, vícios e comportamentos defensivos.

Aprenda a fazer atividades sem a necessidade da perfeição. Aprenda a tomar decisões, começando por decisões simples; pratique flexibilidade. Aprenda e desenvolva habilidades e estratégias de comunicação:  assertividade e empatia, por exemplo.

A baixa autoestima está diretamente relacionada às experiências vividas na infância e adolescência. Possíveis causas: influências negativas sofridas no processo de crescimento; necessidades de amor e carinho não preenchidas na infância; valorização recebida pelas realizações e não por aquilo que você era; necessidades emocionais não atendidas na infância, que causaram sentimentos de inferioridade, insegurança e sentimentos de fracasso.

Para elevar seu nível de autoestima, é fundamental:

  • Descobrir quem você é realmente
  • Aumentar sua autoconfiança
  • Ter coragem para explorar e desbloquear os níveis mais profundos
  • Acreditar mais em você e não depender da opinião dos outros.

Busque melhorar seu nível de autoestima para fazer mudanças positivas em sua vida, e alcançar níveis mais elevados de evolução.

Anete L. Blefari
anete@sermelhorepleno.com.br
www.sermelhorepleno.com.br

Referência:  SHEEHAN, Elaine – Baixa autoestima – esclarecendo suas dúvidas – Guias Ágora