Conquiste autocontrole emocional

Faz parte do desenvolvimento da inteligência emocional praticar e adquirir o autodomínio sobre as emoções, principalmente as mais fortes: ira, medo, raiva e angústia.

Uma emoção forte destrói o discernimento e leva a mente para um caminho distorcido de ação. Aquele que sente ira é levado a ter uma interpretação errônea dos fatos e acumula em si padrões distorcidos da realidade. Esses padrões, que vão sendo fortalecidos com a repetição, tornam-se uma prisão  para aquele que é dominado por eles. Enquanto não se libertar desses padrões, as mesmas situações vão se repetir, como um círculo vicioso.

E como se libertar? Ninguém se liberta daquilo que não percebe em si mesmo. A primeira regra é ter consciência do comportamento interno, do pensar e falar, das tendências mentais. Tendo origem em causa real ou não, a ira pode levar à violência, a desequilíbrios da mente e, consequentemente, na manifestação de doenças no corpo. Perde-se, assim, o bem-estar e a harmonia interna. A pessoa deixa de ter paz e vivencia o seu próprio inferno interior.

As ações, mentais ou físicas, são o resultado das tendências de pensamentos e palavras, que imprimem, previamente, o padrão disfuncional. Quando acontece um estímulo provocador, o padrão vicioso se manifesta e desencadeia a ação que foi condicionada na mente. Dessa forma, manifesta-se aquilo que antecedeu nos pensamentos e palavras. Sempre há um pensamento prévio que desencadeia a ação, o ato. Para aquele que deseja, firmemente, o autocontrole emocional, é fundamental ter consciência de pensamentos e palavras que desencadeiam a violência, tanto interna quanto externa.

Como podemos ter consciência de pensamentos e palavras, sem o autoconhecimento? Aquele que deseja se libertar de padrões distorcidos, que levam à infelicidade, deve transformar a consciência e todo o seu ser. Para isso, há a necessidade de suplantar a si mesmo, ou seja, libertar-se de seu mundo interno negativo.

Vencer a si próprio é a maior das vitórias.

Platão

Será que vale a pena? A escolha é sua. Os frutos, bons ou maus, são colhidos das atividades da pessoa. O caminho é estreito, como disse o Mestre Jesus, mas a vitória é a maior das vitórias, como disse Platão.  O primeiro movimento é o fluxo da vontade, que é um movimento contínuo que segue um curso. Coloca-se o foco no interno. O propósito mais importante é libertar a consciência de erros e seguir o caminho correto, que conduz à conquista do tão almejado bem-estar e autocontrole emocional. O autodomínio dos impulsos é adquirido através de um trabalho intenso realizado em si mesmo. Através dos relacionamentos, podemos avaliar o autocontrole emocional  e trabalhar para adquirir a percepção das sementes, que se encontram em nossa mente. Ao se ter a percepção de pensamentos e palavras, caminha-se para o controle dos impulsos para a aquisição do autodomínio das emoções.

Cada pessoa é para si mesma a maior e a mais importante das tarefas diárias e frequentes de aperfeiçoamento. Olhe para você, coloque o foco em seu mundo interno. Desperte a nobreza da alma, desenvolva o potencial da sabedoria para conquistar o autodomínio de si mesmo, com paciência e amor.

Anete L. Blefari
anete@sermelhorepleno.com.br
www.sermelhorepleno.com.br

No Comments

Post A Comment